close

Dizem que a Tasmania é dona de um dos ares mais puros do mundo e, se é verdade ou não, não saberiamos dizer, mas o fato é que essa pequena ilha no sul da Australia tem umas das paisagens, fauna e flora mais exuberantes que vimos na viagem e na nossa vida. Além de ser produtora de muitas delicias locais como chocolate, queijos, ostras, salmões e trutas, vinhos, cervejas e até carne de canguru. Sem falar no céu, que como você já deve ter percebido pela foto, é um espetáculo a parte. A Tasmania, juntamente com a Nova Zelandia é um dos poucos lugares onde é possivel ver a Aurora Austral, que é a irmã do sul da famosa Aurora Boreal, mas que na minha opinião é mais bonita.

Como eu tenho certeza que depois de ler este post você vai ser convencer de viajar pra lá, vamos te contar como conhecer todos os cantos da Tasmania da melhor maneira possivel, alugando uma camper van! E se você, fiel leitor, chegar ao final do post, te daremos de brinde um pequeno guia de como tirar fotos da Aurora Austral, e os melhores lugares para fazê-lo. Partiu?!

Alugando uma campervan

Primeiro de tudo, que diabos é uma campervan? Como o nome pode sugerir, nada mais é que uma van que te permite dormir dentro, sem precisar de uma barraca para acampar. Além disso, as campervans, dependendo do modelo, vem equipadas com fogão, geladeira ou cooler e utensilios de cozinha, basicamente tudo o que você precisa para viajar pela Tasmania.

Dependendo da companhia e do modelo você vai pagar mais caro ou mais barato, de acordo ao seu orçamento e a quantidade de pessoas que vão te acompanhar. As principais companhias ou páginas para buscar campervans na Austrália são (link no nome):

Wicked Campers: São os modelos mais baratos de campervans que você vai encontrar em geral. Claro que ao pagar mais barato significa que você vai acabar alugando uma campervan muito mais velha e em piores condições. Mas dependendo do seu orçamento, pode ser que seja sua única opção. Wicked Campers foi a empresa que a gente escolheu, justamente pelo preço, e no geral tivemos uma experiência razoável com a van e empresa. Algo que você deve saber é que as Wicked tem muita má fama entre os locais, pelos seus desenhos meio estranhos e explícitos e a indole duvidosa de algumas das pessoas que as alugavam.

Apollo Camper: Pelo o que podemos escutar é das principais empresas de aluguel de vans na Austrália e de muito boa qualidade. Normalmente os tipos de vans são superiores aos da Wicked e portanto bem mais caros. Mas se você puder pagar ou conseguir uma promoção, é uma boa opção.

Britz: Mais ou menos a mesma coisa da Apollo, uma empresa séria, com boa reputação e vans novas e confiáveis. Acho que o preço é parcido aos da Apollo, então é uma boa opção também.

Jucy: Acho que é a melhor opção de custo beneficio. Pelo o que pudimos ver, é uma empresa séria, com vans novas e preços mais acessiveis. Escutamos falar muito bem delas, demos uma espiada em algumas e parecem ser bem bacanas. Se pudessemos pagar um pouquinho mais, teriamos escolhido essa com certeza.

Para alugar você só precisa duma carteira de motorista, a do brasil serve mesmo, um cartão de crédito para poder pagar um depósito e saber dirigir. Atenção que na Australia eles dirigem do lado ao contrario do que a gente está acostumado! Essa era nossa camper!!

Campervan
Campervan

Itinerario Sugerido

A Tasmania é uma ilha que oferece muito aos felizardos que podem viajar pelas seus caminhos. Uma grande parte do seu territorio é coberto por parques nacionais com uma quantidade impressionante de animais silvestres, muitos deles sendo desconhecidos para a gente. Sim, além do demonio da Tasmania né?! Existem muitos trekkings ou caminhadas que você pode fazer, roteiros gastronomicos, de vinhos, pesca ou você também pode passar seus dias perseguindo a Aurora Austral, mais ou menos como a gente fez. Por esse motivo não vamos separar o itinerario em dias, mas vamos sugerir que lugares visitar, e aí você decide a ordem que você quer seguir.

No mapa abaixo você vai encontrar:

  • Cidades e lugares de interesse;
  • Campsites para dormir;
  • Bares, restaurantes e cafés;
  • Banheiros públicos;
  • Supermercados;
  • Spots para ver a Aurora Austral;
  • Postos de gasolina;
Hobart

Capital da Tasmania, Hobart tem uma população de uns 225.000 habitantes, o que representa quase um 40% da população da ilha. É uma cidade muito agradável, muito bem cuidada e onde se come muito bem. Um ponto turístico imperdivel é o Salamanca Market, que é um mercado que acontece todos os Domingos e o monte Wellington que está situado nos arredores da cidade e tem uma vista fantástica de esta (ambos estão marcados no mapa). Normalente os voos chegam ao Aeroporto de Hobart, e de lá você pode pegar um taxi ou Uber ao seu Hotel, se quiser se hospedar na cidade, ou ir direto à empresa onde você vai alugar a sua campervan. Também é possivel chegar ao aeroporto de Lancerston, se você quiser começar seu loop pelo norte.

Hobart
Hobart
South Arm

A uns 45 min de Hobart, o South Arm é um bom lugar para começar ou terminar seu tour pela Ilha. Além de ser um bom lugar para avistar a Aurora Austral, as paisagens são bonitas, está bem perto de Hobart e há um campsite BBB (bom, bonito e barato). A gente dormiu lá na nossa primeira noite e na penúltima.

Bruny Island

Bruny Island também fica relativamente perto de Hobart e do South Arm e é uma das nossas partes preferidas da ilha. Pra chegar lá você tem que tomar um ferry de uns 30min e quando a gente estava cruzando vimos golfinhos do nosso lado. Em Bruny você pode ir a Adventure Bay, Sheepwash Creek, que é um lugar ao sul que dá pra ver a Aurora Austral também e ao The Neck, que é uma parte que parece um pescoço mesmo, com praia dos dois lados.

Bruny também é um ótimo lugar para comer. Não deixe de visitar a Bruny Island Chesse Company que produz queijos artesanais e cervejas, e se você gostar de ostras, há um lugar na beira da estrada que vende ostras frescas. Para os amantes do chocolate, também existe uma pequeña loja de chocolates local. A gente comprou um chocolate em pó para tomar chocolate quente na viagem.

The Neck Tasmania
The Neck
Cradle Mountain

Cradle Mountain é um parque muito bonito e com mais de uma opção de trekking para fazer. O parque é bem grande e recebe bastante visitantes, portanto é bom se programar para visitá-lo. Ele está localizado bem ao norte, já perto de Devonport. A montanha tem uma altura de 1545m e é a sexta mais alta da Tasmania. Lá você pode desfrutar da vista dos seus dois lagos ou tentar ver um pouco da fauna local como wombats, porco espinhos, demonios da tasmania e muitos pássaros.

Cradle Mountain
Cradle Mountain
Port Arthur

Port Arthur é uma vila histórica localizada na península da Tasmania, ao sul da ilha. A parte histórica se deve ao fato de que nessa vila havia uma cadeia bem grande e que hoje é um museu a céu aberto. Para mais informação sobre o museu, clica aqui. Além da parte histórica, a península tem uma natureza muito exuberante, com vistas maravilhosas.

Outros pontos turísticos são Cape Raoul, Maigon Bay, Remarkable Cave, Devils Kitchen e Tessellated pavement que é uma formação rochosa bem interesante perto da praia. As distâncias são super curtas, então dá pra ir de um lugar ao outro bem rapidinho. Mas se você quiser fazer o trekking no Cape Raoul é bom ir de manhã cedo e começar por ele, já que o trecho mais longo pode demorar umas 5h. Para mais informação sobre o trekking no Cape Raoul, clica aqui.

Freycinet National Park

Esta também é uma parte muito linda da ilha. O parque nacional de Freycinet é onde se encontra a Wine Glass Bay, que é um ponto turístico muito conhecido pela sua forma de taça de vinho. A vista à bahia é realmente muito bonita e pra chegar lá você tem que fazer um trekking de mais ou menos 1h a 1,5h, cruzando com um que outro wallaby pelo caminho. Mas pra gente a parte mais bonita é a Sleepy Bay, que é uma bahia que você pode caminhar até a praia, com muitas rochas meio avermelhadas que se veem especialmente bonitas no por-do-sol. Lá perto está a Honeymoon Bay, que é outra bahia muito bonita, mas com bastante vento. Freycinet é um bom lugar para passar a tarde.

The Nut (Stanley)

The Nut é um ponto turistico localizado ao norte da Tasmania, perto de uma cidadezinha chamada Stanley. O legal desse lugar é a forma dessa “morro”, bem na beira da praia e esse também é um lugar para ver a aurora austral. A gente parou lá na hora do almoço, passou em uma lojinha (marcada no mapa) de produtos locais e comprou queijos, frios, cervejas locais e fizemos um piquenique em umas mesas que ficam bem embaixo do Nut, perto da praia.

Hollybank Forest

Este não é um ponto turistico propriamente dito, mas é um dos lugares que a gente mais desfrutou. A uns poucos minutos de Lancerston, a Hollybank Forest é um parque com muitos pinheiros e uma área grande para fazer piquenique, com churrasqueiras e tudo. A gente pegou algumas lenhas pelo caminho e fomos para lá para jantar e tomar café no dia seguinte! Tem uma rest area por perto que te permite acampar por uma noite e que tem uma cachoeira pequenina para visitar. Mas o mais legal de tudo é fazer um churrasco lá, tomar um vinho ou cerveja e relaxar do silencio. Nos dias de semana não há quase ninguém.

Little Blue Lake

O Little Blue Lake foi uma dica de dois amigos do Irã que a gente conheceu na Tasmânia. O lago é exatamente como o nome, um pequeno lago azul. O que o faz especial é a cor da água, que é um azul claro muito bonito. O único problema é que não é possível nadar nem fazer nenhum tipo de esporte aquático, mas vale a pena parar para tirar uma foto.

Blue lake
Blue lake
Bicheno Blowhole

Se você gosta dos Blow Holes, que são esses buracos que cospem ar e água, você tem a opção de visitar o Bicheno Blowhole, que fica na praia da cidade com mesmo nome, Bicheno. A gente não achou lá essas coisas, mas se você estiver por perto, é um bom lugar para parar e esticar as pernas.

Aurora Australis

Para poder tirar foto da Aurora Austral você precisa de sorte, paciencia e um minimo de conhecimento fotográfico. Considerando que você é uma pessoa paciente e de sorte, a gente explicou num post como tirar fotos da via láctea e o conceito é o mesmo ou bem parecido para a Aurora Austral (ou Boreal). Você o pode ler neste link.

Quando eu digo que depende da sorte e paciencia é porque você vai precisar de um dia em que não haja lua cheia, que o céu não esteja nublado e que haja um mínimo de atividade solar, de preferência uma tempestade solar. Mas como medir a atividade do sol? A gente usou muito um grupo de facebook chamado Aurora Australis Tasmania onde eles dão muitas dicas de como encontrá-la. Eles possuim um FAQ muito interessante e que serviu muito para a gente.

Se você estiver se perguntando se a gente conseguiu capturar a Aurora Austral, sinto depecioná-lo, mas a resposta é não! Nos quase 20 dias que ficamos na Tasmania, só pegamos um dia de tempestade solar, mas estava nublado e ventando muito. Mas isso não impediu que a gente tirasse algumas fotos bacanas, sem falar em todas as outras que tiramos da via láctea sem aurora.

Dados importantes

  • Evite dirigir de noite, já que é quando a maioria dos animais saem e a probabilidade que você atropele um é muito alta.
  • Respeite os limites de velocidade e preste muita atenção aos animais que cruzam a estrada. A gente contou mais de 10 animais mortos em 10 minutos, ou seja, um por minuto.
  • Não jogue lixo no chão ou em nenhum lugar que não seja a lata de lixo.
  • Lembra sempre que os Australianos dirigem como os Ingleses, ou seja, no lado contrario da gente.
  • Para uma lista completa dos banheiros públicos da Australia, entra aqui.
  • Não durma com sua campervan nos lugares que não são específicos para isso ou você estará arriscando tomar uma multa de uns 250 AUD.
  • Não seja idiota. Não beba e dirija.
  • Para a maioria dos parques nacionais é preciso comprar entrada, mas existe uma opção de comprar um passe que te da direito a entrar a todos os parques. É de longe a opção mais econômica. Mais informação aqui.

Tags : backpackingcampercampervancampingtourTravellingvanviajeswicked
Tiago

The author Tiago

Dizem que a Tasmania é dona de um dos ares mais puros do mundo e, se é verdade ou não, não saberiamos dizer, mas o fato é que essa pequena ilha no sul da Australia tem umas das paisagens, fauna e flora mais exuberantes que vimos na viagem e na nossa vida. Além de ser produtora de muitas delicias locais como chocolate, queijos, ostras, salmões e trutas, vinhos, cervejas e até carne de canguru. Sem falar no céu, que como você já deve ter percebido pela foto, é um espetáculo a parte. A Tasmania, juntamente com a Nova Zelandia é um dos poucos lugares onde é possivel ver a Aurora Austral, que é a irmã do sul da famosa Aurora Boreal, mas que na minha opinião é mais bonita.

Como eu tenho certeza que depois de ler este post você vai ser convencer de viajar pra lá, vamos te contar como conhecer todos os cantos da Tasmania da melhor maneira possivel, alugando uma camper van! E se você, fiel leitor, chegar ao final do post, te daremos de brinde um pequeno guia de como tirar fotos da Aurora Austral, e os melhores lugares para fazê-lo. Partiu?!

Alugando uma campervan

Primeiro de tudo, que diabos é uma campervan? Como o nome pode sugerir, nada mais é que uma van que te permite dormir dentro, sem precisar de uma barraca para acampar. Além disso, as campervans, dependendo do modelo, vem equipadas com fogão, geladeira ou cooler e utensilios de cozinha, basicamente tudo o que você precisa para viajar pela Tasmania.

Dependendo da companhia e do modelo você vai pagar mais caro ou mais barato, de acordo ao seu orçamento e a quantidade de pessoas que vão te acompanhar. As principais companhias ou páginas para buscar campervans na Austrália são (link no nome):

Wicked Campers: São os modelos mais baratos de campervans que você vai encontrar em geral. Claro que ao pagar mais barato significa que você vai acabar alugando uma campervan muito mais velha e em piores condições. Mas dependendo do seu orçamento, pode ser que seja sua única opção. Wicked Campers foi a empresa que a gente escolheu, justamente pelo preço, e no geral tivemos uma experiência razoável com a van e empresa. Algo que você deve saber é que as Wicked tem muita má fama entre os locais, pelos seus desenhos meio estranhos e explícitos e a indole duvidosa de algumas das pessoas que as alugavam.

Apollo Camper: Pelo o que podemos escutar é das principais empresas de aluguel de vans na Austrália e de muito boa qualidade. Normalmente os tipos de vans são superiores aos da Wicked e portanto bem mais caros. Mas se você puder pagar ou conseguir uma promoção, é uma boa opção.

Britz: Mais ou menos a mesma coisa da Apollo, uma empresa séria, com boa reputação e vans novas e confiáveis. Acho que o preço é parcido aos da Apollo, então é uma boa opção também.

Jucy: Acho que é a melhor opção de custo beneficio. Pelo o que pudimos ver, é uma empresa séria, com vans novas e preços mais acessiveis. Escutamos falar muito bem delas, demos uma espiada em algumas e parecem ser bem bacanas. Se pudessemos pagar um pouquinho mais, teriamos escolhido essa com certeza.

Para alugar você só precisa duma carteira de motorista, a do brasil serve mesmo, um cartão de crédito para poder pagar um depósito e saber dirigir. Atenção que na Australia eles dirigem do lado ao contrario do que a gente está acostumado! Essa era nossa camper!!

Campervan
Campervan

Itinerario Sugerido

A Tasmania é uma ilha que oferece muito aos felizardos que podem viajar pelas seus caminhos. Uma grande parte do seu territorio é coberto por parques nacionais com uma quantidade impressionante de animais silvestres, muitos deles sendo desconhecidos para a gente. Sim, além do demonio da Tasmania né?! Existem muitos trekkings ou caminhadas que você pode fazer, roteiros gastronomicos, de vinhos, pesca ou você também pode passar seus dias perseguindo a Aurora Austral, mais ou menos como a gente fez. Por esse motivo não vamos separar o itinerario em dias, mas vamos sugerir que lugares visitar, e aí você decide a ordem que você quer seguir.

No mapa abaixo você vai encontrar:

  • Cidades e lugares de interesse;
  • Campsites para dormir;
  • Bares, restaurantes e cafés;
  • Banheiros públicos;
  • Supermercados;
  • Spots para ver a Aurora Austral;
  • Postos de gasolina;
Hobart

Capital da Tasmania, Hobart tem uma população de uns 225.000 habitantes, o que representa quase um 40% da população da ilha. É uma cidade muito agradável, muito bem cuidada e onde se come muito bem. Um ponto turístico imperdivel é o Salamanca Market, que é um mercado que acontece todos os Domingos e o monte Wellington que está situado nos arredores da cidade e tem uma vista fantástica de esta (ambos estão marcados no mapa). Normalente os voos chegam ao Aeroporto de Hobart, e de lá você pode pegar um taxi ou Uber ao seu Hotel, se quiser se hospedar na cidade, ou ir direto à empresa onde você vai alugar a sua campervan. Também é possivel chegar ao aeroporto de Lancerston, se você quiser começar seu loop pelo norte.

Hobart
Hobart
South Arm

A uns 45 min de Hobart, o South Arm é um bom lugar para começar ou terminar seu tour pela Ilha. Além de ser um bom lugar para avistar a Aurora Austral, as paisagens são bonitas, está bem perto de Hobart e há um campsite BBB (bom, bonito e barato). A gente dormiu lá na nossa primeira noite e na penúltima.

Bruny Island

Bruny Island também fica relativamente perto de Hobart e do South Arm e é uma das nossas partes preferidas da ilha. Pra chegar lá você tem que tomar um ferry de uns 30min e quando a gente estava cruzando vimos golfinhos do nosso lado. Em Bruny você pode ir a Adventure Bay, Sheepwash Creek, que é um lugar ao sul que dá pra ver a Aurora Austral também e ao The Neck, que é uma parte que parece um pescoço mesmo, com praia dos dois lados.

Bruny também é um ótimo lugar para comer. Não deixe de visitar a Bruny Island Chesse Company que produz queijos artesanais e cervejas, e se você gostar de ostras, há um lugar na beira da estrada que vende ostras frescas. Para os amantes do chocolate, também existe uma pequeña loja de chocolates local. A gente comprou um chocolate em pó para tomar chocolate quente na viagem.

The Neck Tasmania
The Neck
Cradle Mountain

Cradle Mountain é um parque muito bonito e com mais de uma opção de trekking para fazer. O parque é bem grande e recebe bastante visitantes, portanto é bom se programar para visitá-lo. Ele está localizado bem ao norte, já perto de Devonport. A montanha tem uma altura de 1545m e é a sexta mais alta da Tasmania. Lá você pode desfrutar da vista dos seus dois lagos ou tentar ver um pouco da fauna local como wombats, porco espinhos, demonios da tasmania e muitos pássaros.

Cradle Mountain
Cradle Mountain
Port Arthur

Port Arthur é uma vila histórica localizada na península da Tasmania, ao sul da ilha. A parte histórica se deve ao fato de que nessa vila havia uma cadeia bem grande e que hoje é um museu a céu aberto. Para mais informação sobre o museu, clica aqui. Além da parte histórica, a península tem uma natureza muito exuberante, com vistas maravilhosas.

Outros pontos turísticos são Cape Raoul, Maigon Bay, Remarkable Cave, Devils Kitchen e Tessellated pavement que é uma formação rochosa bem interesante perto da praia. As distâncias são super curtas, então dá pra ir de um lugar ao outro bem rapidinho. Mas se você quiser fazer o trekking no Cape Raoul é bom ir de manhã cedo e começar por ele, já que o trecho mais longo pode demorar umas 5h. Para mais informação sobre o trekking no Cape Raoul, clica aqui.

Freycinet National Park

Esta também é uma parte muito linda da ilha. O parque nacional de Freycinet é onde se encontra a Wine Glass Bay, que é um ponto turístico muito conhecido pela sua forma de taça de vinho. A vista à bahia é realmente muito bonita e pra chegar lá você tem que fazer um trekking de mais ou menos 1h a 1,5h, cruzando com um que outro wallaby pelo caminho. Mas pra gente a parte mais bonita é a Sleepy Bay, que é uma bahia que você pode caminhar até a praia, com muitas rochas meio avermelhadas que se veem especialmente bonitas no por-do-sol. Lá perto está a Honeymoon Bay, que é outra bahia muito bonita, mas com bastante vento. Freycinet é um bom lugar para passar a tarde.

The Nut (Stanley)

The Nut é um ponto turistico localizado ao norte da Tasmania, perto de uma cidadezinha chamada Stanley. O legal desse lugar é a forma dessa “morro”, bem na beira da praia e esse também é um lugar para ver a aurora austral. A gente parou lá na hora do almoço, passou em uma lojinha (marcada no mapa) de produtos locais e comprou queijos, frios, cervejas locais e fizemos um piquenique em umas mesas que ficam bem embaixo do Nut, perto da praia.

Hollybank Forest

Este não é um ponto turistico propriamente dito, mas é um dos lugares que a gente mais desfrutou. A uns poucos minutos de Lancerston, a Hollybank Forest é um parque com muitos pinheiros e uma área grande para fazer piquenique, com churrasqueiras e tudo. A gente pegou algumas lenhas pelo caminho e fomos para lá para jantar e tomar café no dia seguinte! Tem uma rest area por perto que te permite acampar por uma noite e que tem uma cachoeira pequenina para visitar. Mas o mais legal de tudo é fazer um churrasco lá, tomar um vinho ou cerveja e relaxar do silencio. Nos dias de semana não há quase ninguém.

Little Blue Lake

O Little Blue Lake foi uma dica de dois amigos do Irã que a gente conheceu na Tasmânia. O lago é exatamente como o nome, um pequeno lago azul. O que o faz especial é a cor da água, que é um azul claro muito bonito. O único problema é que não é possível nadar nem fazer nenhum tipo de esporte aquático, mas vale a pena parar para tirar uma foto.

Blue lake
Blue lake
Bicheno Blowhole

Se você gosta dos Blow Holes, que são esses buracos que cospem ar e água, você tem a opção de visitar o Bicheno Blowhole, que fica na praia da cidade com mesmo nome, Bicheno. A gente não achou lá essas coisas, mas se você estiver por perto, é um bom lugar para parar e esticar as pernas.

Aurora Australis

Para poder tirar foto da Aurora Austral você precisa de sorte, paciencia e um minimo de conhecimento fotográfico. Considerando que você é uma pessoa paciente e de sorte, a gente explicou num post como tirar fotos da via láctea e o conceito é o mesmo ou bem parecido para a Aurora Austral (ou Boreal). Você o pode ler neste link.

Quando eu digo que depende da sorte e paciencia é porque você vai precisar de um dia em que não haja lua cheia, que o céu não esteja nublado e que haja um mínimo de atividade solar, de preferência uma tempestade solar. Mas como medir a atividade do sol? A gente usou muito um grupo de facebook chamado Aurora Australis Tasmania onde eles dão muitas dicas de como encontrá-la. Eles possuim um FAQ muito interessante e que serviu muito para a gente.

Se você estiver se perguntando se a gente conseguiu capturar a Aurora Austral, sinto depecioná-lo, mas a resposta é não! Nos quase 20 dias que ficamos na Tasmania, só pegamos um dia de tempestade solar, mas estava nublado e ventando muito. Mas isso não impediu que a gente tirasse algumas fotos bacanas, sem falar em todas as outras que tiramos da via láctea sem aurora.

Dados importantes

  • Evite dirigir de noite, já que é quando a maioria dos animais saem e a probabilidade que você atropele um é muito alta.
  • Respeite os limites de velocidade e preste muita atenção aos animais que cruzam a estrada. A gente contou mais de 10 animais mortos em 10 minutos, ou seja, um por minuto.
  • Não jogue lixo no chão ou em nenhum lugar que não seja a lata de lixo.
  • Lembra sempre que os Australianos dirigem como os Ingleses, ou seja, no lado contrario da gente.
  • Para uma lista completa dos banheiros públicos da Australia, entra aqui.
  • Não durma com sua campervan nos lugares que não são específicos para isso ou você estará arriscando tomar uma multa de uns 250 AUD.
  • Não seja idiota. Não beba e dirija.
  • Para a maioria dos parques nacionais é preciso comprar entrada, mas existe uma opção de comprar um passe que te da direito a entrar a todos os parques. É de longe a opção mais econômica. Mais informação aqui.